Nossa experiência no RioMar Astral

 

Nesta última sexta-feira (10/01/2020) a SEASE iniciou suas atividades desse novo período de translação da nossa espaçonave Terra em torno de sua estrela-mãe, o Sol, realizando uma mega sessão de Observação Astronômica da primeira Lua Cheia do ano. A Observação aconteceu no terraço (5º andar) do E5 – edifício garagem – do Shopping RioMar, na Coroa do Meio, em Aracaju – SE, no âmbito da segunda edição do evento RioMar Astral, que ocorreu das 18h às 21h.

 

Nossa equipe chegou ao local antes mesmo do ocaso, a fim de montar e alinhar a mecânica dos telescópios e ajustar sua óptica.

 

Nesta edição do evento, que teve como objetivo celebrar a primeira Lua Cheia do ano novo, o público contou com a sessão de observação do nosso satélite natural, a Lua, e do nosso planeta vizinho mais próximo, Vênus, através de quatro potentes telescópios, e também pôde participar de práticas que promovem o bem-estar e o equilíbrio psicológico e corporal, ministradas por instrutoras especializadas.

 

Com o início das observações e a chegada dos primeiros entusiastas, rapidamente se formaram filas para contemplar a Lua Cheia.

 

Durante a Observação o público esteve confortável para tirar dúvidas sobre Astronomia, Exploração Espacial e sobre as Ciências Espaciais em geral. O evento reuniu curiosos e entusiastas de todas as idades, etnias e níveis de escolaridade.

 

Interação com o público enquanto esperavam nas filas.

 

Como previsto, as dúvidas, perguntas e comentários mais intrigantes e reflexivos vieram das crianças, que com o poder da criatividade e curiosidade plenas nos indagaram com séries de perguntas como: O que é a Lua? O que são as manchas escuras da Lua? De onde veio a Lua? De onde vêm os asteroides e meteóros? Vênus é uma estrela? Qual a diferença entre planeta e estrela? Como surgem as estrelas? Como morrem as estrelas? O que é uma constelação? Existem outras pessoas morando em Marte? Entre outras.

Como alertou Carl Sagan:

“Toda criança começa
como um cientista nato.

Nós é que tiramos isso delas.

Só umas poucas
passam pelo sistema
com sua admiração
e entusiasmo pela ciência intactos.”

 

Interação com o público.

 

Com algumas admiráveis exceções, dos mais idosos e experientes, não surpreendentemente as perguntas e indagações dos jovens adultos e adultos maduros estiveram mais limitadas à astrologia, horóscopo, misticismo e mitologia, como as que seguem: Em que parte do Universo ficam os espíritos dos mortos? Como o planeta Vênus influencia na vida das pessoas? Qual signo se dá bem com Marte? Em quê acrescenta a Astronomia à Astrologia? A SEASE já registrou a aparição de algum OVNI?

 

 

Casa cheia. O evento reuniu em torno de 300 à 400 participantes no geral.

 

A programação incluiu também um aulão de Ioga com duração de 1:00h e uma sessão de meditação guiada também de 1:00h.

Confira alguns registros:

 

A instrutora Katita Jardim guia o público numa sessão de Ioga.

 

Foi definitivamente uma experiência enriquecedora pra todos nós da SEASE. Lidar com um público tão âmplo e diferente foi um desafio novo, porém que, graças à proatividade e garra de cada membro da nossa equipe, foi superado com sucesso e excelência. Nosso singelo trabalho nos presenteia essas oportunidades singulares de experienciar algumas das cenas mais belas e poéticas da vivência humana na Terra, como o entusiasmo e felicidade nos olhos de uma criança e o sorriso e plenitude de um ancião ao olharem pela primeira vez pela lente de um telescópio, e enxergarem, numa visão exótica e incrível, uma janela para o Universo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *