Como diferenciar estrelas de planetas a olho nu

Estamos no meio de uma quarentena devido aos eventos da COVID-19 e já que estamos confinados dentro de casa por que não apreciar um belo céu noturno na sua varanda, quintal ou sacada?! Olhando para o infinito do Universo você vê diversos pontinhos luminosos, mas o que seriam eles? Estrelas? Planetas? Satélites?

Vou te mostrar agora como diferenciar esses astros sem a ajuda de um telescópio, só a olho nu.

1º. Perceba se o objeto cintila:

    • As estrelas cintilam (piscam) e tremeluzem,— daí vem a canção infantil: “Brilha Brilha Estrelinha“.
    • Os planetas não cintilam, ao invés disso exibem um brilho e aparência constantes no céu.
    • Objetos que piscam, cintilam ou tremeluzem no céu provavelmente são estrelas. Entretanto, também podem ser aeronaves, caso se mexam rapidamente.
Ilustração da diferença entre brilho de estrela e de planeta. – Fonte: Wiki How

2º. Observe se o objeto nasce e se põe:

    • Os planetas nascem no Leste e se põem no Oeste e costumam seguir a mesma trajetória celestial que o Sol e a Lua;
    • As estrelas, por sua vez, mexem-se pelo céu durante a noite — mas não nascem ou se põem. Em vez disso, orbitam em trajetória circular ao longo de Polaris, a Estrela do Norte;
    • O satélites também se mexem pelo céu, mas com uma velocidade muito maior que planetas. Um planeta pode precisar de horas, ou até semanas para passar pelo céu, enquanto esses equipamentos se deslocam em questão de minutos.
Identifique o plano da eclíptica, onde os corpos do sistemas solar nascem e se poem. – Fonte: Wiki How

 

3º. Observe a cor do corpo:

    • Nem todo planeta é colorido, mas muitos dos principais que cruzam o céu noturno têm algum tipo de coloração, que ajuda a diferenciá-los de estrelas. Para a maioria dos observadores, as estrelas são brancas a olho nu.
      • Mercúrio costuma ser cinza ou amarronzado.
      • Vênus tem um tom amarelo-pálido.
      • Marte costuma ter tons que variam entre rosa-pálido e vermelho claro. Isso depende do brilho (ou da falta dele) relativo no planeta, o que muda a cada dois anos.
      • Júpiter tem tom alaranjado com faixas brancas.
      • Saturno costuma ter tons de ouro-pálido.
      • Urano e Netuno têm tons de azul-pálido, mas não costumam ser visíveis a olho nu.
Observe a cor do corpo. – Fonte: Wiki How

4º. Compare o brilho relativo:

    • Mesmo que algumas estrelas brilhem muito mais que o Sol elas estão muito mais longe da Terra, mas os planetas vizinhos, que por sua vez apenas refletem a luz solar, estão mais próximos, aparentando ter um brilho maior.
Compare a diferença de brilho relativo entre estrelas e planetas. – Fonte: Wiki How

 

Autores da pesquisa: Felipe Soares e Luana Santos

Referência

– Wiki How: http://pt.wikihow.com/saber-a-diferença-entre-planetas-e-estrelas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *